Pesquisa:
 

Quinta-feira, 22 Novembro 2012 22:55

RÚSSIA
Tribunal recusa queixa contra cantora Madonna



O Tribunal de São Petersburgo, Rússia, negou hoje a pretenção de um grupo de cidadãos que exigiram 333 milhões de rublos a Madonna por esta, alegadamente, ter promovido a homossexualidade.


Em Agosto passado Madonna na sequencia da sua turnê atuou em St Petersburgo e durante o concerto manifestou o seu apoio ao grupo “Pussy Riot”.

Depois do concerto um grupo de cidadãos interpôs um acção em tribunal contra a cantora exigindo o pagamento de 333 milhoes de rublos (mais de 8 milhões de euros) por esta, alegadamente, ter feito propaganda à homossexualidade.

O julgamento aconteceu sem a presença de Madonna que também se recusou a comentar a decisão do tribunal.

A falta de Madonna não se notou muito, ao que parece, a sessão foi animada o bastante, mesmo a roçar o ridículo.

Os autores do processo alegaram que Madonna fez “propaganda de preversão” e que esta poderá afetar de forma negativa a natalidade na Rússia, pondo em risco a segurança nacional uma vez que vai privar a nação de novos soldados.

Resultado deste tipo de alegações e outras do género, o juiz a determinada altura alertou os jornalistas presentes que se continuassem a rir daquela forma, teria de os expulsar da sala.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2012)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal