Pesquisa:
 

Quarta-feira, 15 Abril 2009 09:38

EUA
Bulling homofóbico leva a morte de criança de 11 anos



Carl tinha apenas 11 anos. Segundo a mãe de Carl, ele frequentava a igreja local, participava em peças infantis, ajudava os necessitados e o programa de história negra. "Era alguém em que se podia confiar e contar", explica.


No entanto os colegas agrediam-no verbalmente sistematicamente com insultos homofóbicos na escola pública que frequentava. No dia 6 de Abril, Carl desistiu e suicidou-se, enforcado com o cabo de uma extensão eléctrica, precisamente quando a mãe se preparava para, novamente, confrontar as autoridades locais sobre a situação.

A mãe indicou que conseguiram sobreviver ao cancro da mama há uns anos atrás mas não conseguiram sobreviver à escola pública.

Carl faria 12 anos no próximo dia 17 de Abril, precisamente o dia em que milhares de estudantes em mais de 7500 escolas espalhadas pelos EUA fazem um dia de silêncio para recordar o problema do bulling homofóbico nas escolas.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2009)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal