Pesquisa:
 

Sexta-feira, 26 Março 2010 19:12

SANTA SÉ
A comunicação social quer ferir a ICAR e o Papa



Segundo monsenhor Raniero Cantalamessa, as noticias que tem vindo a lume sobre os casos de pedofilia na Igreja Católica, são um ataque dirigido à instituição e ao Papa.


Monsenhor Raniero diz que a Igreja não é uma cúpula fechada que finge não ver o que se passa. E por isso diz que alguns títulos de jornais são forçados e copiados depois por outros órgãos de comunicação. Diz mesmo que existe uma intenção deliberada de acusar a Igreja.

Monsenhor Cantalamessa, diz que se a Igreja tiver uma atitude humilde a ICAR pode sair mais resplandecente que nunca.

The New York Times apresentou cartas num dos seus artigos, denunciando que o Vaticano tinha conhecimento dos abusos executados pelo padre Lawrence Murphy, que violou 200 crianças de uma escola de surdos, entre os anos de 1950 e 1974, as investigações tiveram inicio apenas em 1993.

Lawrence Murphy, já faleceu em 1998.

Nesse artigo publicado pela New York Times, afirmava-se que o cardeal Joseph Ratzinger, agora Papa Bento XVI, teve conhecimento de muitos destes abusos e nada fez.

Hoje Bento XVI enviou uma carta pastoral para ser lida nas dioceses da Irlanda, uma carta que se espera ser uma manifestação de contrição mas que se desconhece haver um pedido de desculpas às vítimas ou aos fiéis.

A credibilidade da ICAR como um exemplo e guardiã da moral está na rua da amargura.

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2010)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas CINCO e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal