Pesquisa:
 

Domingo, 16 Outubro 2011 20:47

CINEMA
Zachary Quinto: Ser gay sem reconhecê-lo publicamente... não é suficiente



O ator Zachary Quinto, mais conhecido por seu papel do vilão/heroi Sylar na série "Heroes", e como Spock na versão cinematográfica de 2009 do "Star Trek", anunciou publicamente que é homossexual.


Numa entrevista à edição desta semana da revista New York, nas bancas segunda-feira, 17 outubro, e on-line agora, Quinto afirma que é homossexual, depois de anos de evitar perguntas sobre sua vida pessoal, e num comunicado publicado no seu blog hoje, disse que o recente suicídio do adolescente Jamey Rodemeyer foi uma catalisador para esta tomada de posição.

Do seu blog oficial (numa tradução livre do Inglês):

Quando descobri que Jamey Rodemeyer se suicidou - senti-me profundamente perturbado. Mas quando descobri que jamey rodemeyer tinha feito um vídeo "it gets better" apenas um mês antes de acabar com a sua própria vida - senti um desespero indescritível. Eu também fiz um vídeo "it gets better" no ano passado - na sequência da trágica e sem sentido série de suicídios de adolescentes gays que varreram a nação na época.

Mas à luz da morte de jamey - tornou-se claro para mim num instante que viver uma vida gay, sem o reconhecer publicamente - simplesmente não é suficiente para fazer qualquer contribuição significativa para o imenso trabalho que temos pela frente no caminho para a completa igualdade. A nossa sociedade precisa de reconhecer o impulso imparável em direção à igualdade civil inequívoca para cada cidadão gay, lésbica, bissexual, transgênero e transexual deste país. Temos de parar as crianças homossexuais de se matarem, porque eles sentem-se inúteis perante o cruel e implacável bullying. Os pais precisam de ensinar os seus filhos os princípios de respeito e aceitação.

Estamos testemunhando uma enorme mudança de consciência coletiva em todo o mundo. Sstamos no precipício da grande transformação dentro de nossa cultura e do governo. Eu acredito no poder da vontade de mudar a paisagem da nossa sociedade - e é minha intenção viver uma autêntica vida de compaixão e integridade e ação. A vida de jamey rodemeyer mudou a minha vida. E se bem que a sua morte só me tenha feito desejar que eu tivesse tomado uma posição mais cedo - eu estou eternamente grato a ele por ser o catalisador para a mudança dentro de mim. Agora eu só posso esperar que sirva de catalisador para nem que seja uma só pessoa neste mundo. Isto - acredito - é tudo o que podemos pedir a nós mesmos e uns aos outros.

 

Na entrevista à revista New York, Quinto, de 34 anos, diz ao editor Benjamin Wallace, que o seu papel de oito meses no ano passado em Angels in America "me fez perceber o quão sortudo eu sou por ter nascido quando eu nasci..."

"E, ao mesmo tempo, como um homem gay, isso me fez sentir como se eu... Ainda há tantas coisas que precisam ser vistas e tratadas. A corrente de medo ainda está fervilhando. Ainda está tudo ao nosso redor. Revisitar aquele mundo todo, teve o seu custo para mim. Definitivamente foi uma experiência incrível, mas foi realmente assustadora às vezes."

Via LGBTQ Nation

CINEMA: Zachary Quinto: Ser gay sem reconhecê-lo publicamente... não é suficiente

Pode também ter interesse em:

 
On-Line
Arquivo Notícias (2011)
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e TRÊS.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal