1: [mulheres01]
2: [Index.asp]
3: 1
4: 51 Teatro e Espectáculos - Diatriba de Amor contra un hombre sentado (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
 

Diatriba de Amor contra un hombre sentado



Grupo de Mulheres da ILGA Portugal

Sábado, 24 de Março, pelas 21h 30 na Associação ILGA Portugal:

"Diatriba de Amor contra un hombre sentado"
de Gabriel García Marquez

com Lilí Sanchez

texto no espanhol original

Entrada: 500$

Morada:
Rua de S. Lázaro, 88
1150-333 Lisboa
Metro Martim Moniz, subindo depois em direcção ao Hospital de S. José/S. Lázaro;
autocarro 100 para à porta.


Nas vésperas de comemorar as suas bodas de prata, Graciela desperta de uma grande ilusão. Com irónica lucidez faz o balanço de toda a sua vida: A felicidade aparente e a infelicidade íntima, a ascensão social e o crescimento do desamor. Ao mesmo tempo critica a sociedade que perpetua a discriminação, as desigualdades e o poder discricionário de uma elite. Agora que o seu casamento não passa de "una farsa bien sostenida", aquele que foi o objecto do seu enamoramento não é mais do que um homem sentado que passa a vida "sacándole el cuerpo a la realidad".

Graciela emigra virtualmente em busca do amor. "Prefiro la libertad de estarlo buscando hasta siempre que el horror de no saber que no existe...". É uma mulher que gravita na sua solidão insaciável.

A peça "Diatriba de amor contra un hombre sentado" foi escrita no México em 1987.


Lili Sanchez nasce em Cali, na Colômbia. Instala-se em França nos anos 80, país onde permanece durante vários anos. Reside em Portugal desde 1996.

1984-1991: é aluna da “Ecole d´art Dramatique de Castres”
É Mariana em“Mariana Pineda” de García Lorca, Camila no “Carrosse du St.Sacrement” de Mérimée, e Nicole no “Le Bourgeois gentilhomme” de Molière, na “Nouvelle Compagnie théâtrale du Languedoc”.
É aluna de Mímica, de Guy Benhaim, de Catherine Vanicotte e de Claire Heggen.
Faz pantomime no original “L´homme dans le monde” e café teatro com textos de Cami e Karl Valentim. Participa em vários espectáculos de ópera cómica.
1991-1995: Trabalha no grupo de teatro lírico, ópera-bouffe “Les compagnons du théatre” sob a direcção de Patrick Abejean e Vincent Vittoz.
Cantora, é co-fundadora do grupo de salsa “Salsagogo” com apoio do Conservatório Nacional de Música de Castres.

1995-1999: Vai para Angola durante oito meses e funda o grupo de teatro “Os Clandestinos” que realiza uma criação colectiva a partir de textos de Sacha Guitry, Molière et Harold Pinter, com apoio da Alliance Française. Participa numa peça com autoria da doutora Agnela Barros, para a prevenção da Sida.
Fixa residência em Portugal. Faz vários estágios com Rogério de Carvalho e com Filipe Crawford. Participa na criação internacional franco-luso-galega “Cantiga do desterro” dirigida por Quico Cadaval e Patrick Ellouz.

Faz animação teatral na Escola pública n.º 12 financiada pela Câmara Municipal e pela Biblioteca Camões, de Lisboa.
Lecciona aulas de Salsa na Xuventude da Galiza e noutras associações de Lisboa na Ilga nomeadamente.
É professora de teatro infantil no Ginásio Clube Português.

O seu último trabalho foi “Mentiras do Coração”, peça escrita e dirigida por Bruno Schiappa, em Outubro 2000, representada no Teatro da Trindade.

 
© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2024 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal