Diogo Serras (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Dia da Liberdade
 
Parceiro PortugalGay

Dizer que te amo

Dizer que te amoAmo-te
é dizer o indizívelnão se pode dizer
com palavras taise muito menos
que se escrevem.

escrever
Quando te chamoAmor
amor inesquecívelé passageiro
nomes há iguaissem registo
que se esquecem.

aduaneiro
Para que reclamoAmor
o que é tão invisívelé gesto
nas formas gramaticais que se vê
que se vêem.

manifesto
Eu amo Só o corpo pode exprimir
é insensível o amor que se quer dizer
e jamaispara se ser mais preciso
intervémamor se deve fazer.
 

 

 

Diogo Serras
30 Setembro 2001


O PortugalGay.PT não tem qualquer participação na produção destes texto excepto na sua disponibilização na Internet. As opiniões expressas são da inteira responsabilidade dos autores. Se quiser colocar um texto aqui contacte-nos.

 
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal