REINO UNIDO: Quase um terço das mulheres LGBT+ vítimas de violência doméstica tentaram suicídio (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Quinta-feira, 14 Junho 2018 14:51

REINO UNIDO
Quase um terço das mulheres LGBT+ vítimas de violência doméstica tentaram suicídio



A falta de resposta da sociedade levou quase um terço destas mulheres a tentarem terminar com a sua vida


De acordo com a revista Cosmopolitan cerca de 28% das vítimas contemplaram o suicídio.

A directora da SafeLives, uma ONG contra a violência doméstica que registou as estatísticas, disse que isso se deve à forma “tóxica” com que estereotipamos as vítimas de abuso.

Quanto mais pudermos nos livrar do estigma em torno das identidades LGBT+ e abuso doméstico, melhor. Há aqui um confluir de circunstâncias bastante tóxico. Suzanne Jacob, SafeLives

As vítimas também podem ter a sua própria sexualidade usada como uma tática abusiva se não forem abertamente LGBT+ no trabalho, família ou amigos.

Quando se tem problemas de rejeição e isolamento por parte da família, e se tem outros problemas de identidade sexual e orientação sexual, eles poderão ser explorados por um parceiro abusivo Suzanne Jacob, SafeLives

Para ajudar as mulheres que precisam, as autoridades começaram a fazer o registo sistemático de todas as vítimas de violência doméstica que são LGBT+. Como as mulheres LGBT+ são muitas vezes esquecidas na angariação rápida de fundos e apoios que se esgotam rapidamente para ajudar vítimas de abuso domésticas, a polícia está a trabalhar directamente na área de mulheres LGBT+ para garantir que recebam a ajuda de que precisam. A polícia da zona metropolitana de Manchester foi a primeira a registar o abuso doméstico de vítimas LGBT+ usando o código D66 em março deste ano. Num ano assinalaram 775 casos de abuso.

Este código de registo dá-nos uma imagem mais clara do abuso, ajudando a derrubar barreiras e incentivar as pessoas a denunciar as situações. Mais importante ainda, isso também significa que podemos garantir que os serviços adequados estão disponíveis para apoiar as vítimas de abuso doméstico e capacitar mais pessoas a dar o primeiro passo para buscar ajuda e apoio. Beverley Hughes, Polícia de Manchester

REINO UNIDO: Quase um terço das mulheres LGBT+ vítimas de violência doméstica tentaram suicídio

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal